5.11.17

Ano novo, agenda nova



Tá, eu sei que estamos em novembro, não estamos em 2018 ainda, mas é o meu ano novo. No final de outubro comemorei meus 29 e como tenho considerado aniversário mais ao novo do que dia primeiro de janeiro, resolvi mudar de agenda.

Nunca fui de usar agenda digital. Pra anotar as coisas que eu tenho que fazer, prefiro o palpável, riscar as coisas que já fiz é um prazer que eu não troco por nenhum clique. Há mais ou menos uns 3 anos eu uso o agenda no estilo semanal, é a que me adaptei melhor, e como o bullet journal é uma evolução natural (pelo menos pra pessoas que gostam de papelaria, coisas personalizadas, DIY e desenhar), achei que já estava na hora de tentar. Ah, outra coisa importante pra minha decisão de mudar de agenda assim, no final do ano, é que eu usava uma agenda de bolso que comprei na minha última viagem, e ela definitivamente não tinha espaço pra eu colocar tooooodas as coisas que eu precisava lidar ao longo do dia.


Por enquanto o que eu coloquei no meu bullet journal é bem normalzinho. Não tem muita coisa pra mostrar. Assim que acabar o mês eu volto pra mostrar o que eu fiz, até porque ainda estou um pouco perdida com todas as possibilidades que essa ferramenta tem (não que todas sejam realmente úteis, mas isso só o tempo dirá! rs).

Por exemplo, a forma de categorizar as tarefas do sistema tradicional do bullet journal é muito complexa pra mim. Pra mim funciona o simples: fiz, tiquei. Não fiz mas ainda tem que fazer, passa pro próximo dia. Não fiz e não preciso mais fazer, risco. Pronto. Básico.


O meu bullet journal vai ser simples. Sóbrio e fácil de manter. Mas, como adoradora de papelaria que sou, claro que não perco a oportunidade de fazer o mínimo: uma capinha pra cada mês, um desenho aqui e outro lá. Mas isso com o tempo mostro pra vocês. Por enquanto não tem quase nada.

Bem, é isso. Pretendo manter o blog mais atualizado daqui pra frente. Falar da vida de freela/ilustradora, mas manter esse blog o mais pessoal possível, como os blogs de 10 anos atrás, quando eu ainda conseguia fazer mais de 2 posts por ano. Lembram? haha Então vai ter muito dos meus hobbies tbm. Crochê, livros, filmes, lugares bacanas por SP, vida simples, comidinhas. Essas coisas...

Mês que vem volto pra mostrar mais do bullet journal/agenda. :)

Não sabe o que é bullet journal? Veja aqui.

30.12.16

Só vem!

Que em 2017 eu aplique a determinação que tenho pra trabalhar, em outros setores da minha vida. Que eu consiga ver mais meus amigos e minha família. Que eu conheça lugares novos. Que aprenda a gastar dinheiro com o que realmente importa, mas principalmente, que eu aprenda a não gastar. Que consiga ter paz de espírito e ser condescendente e tenha empatia com aqueles que não tem a mesma opinião que a minha. Que esteja pronta para lutar pelos que amo, mas que principalmente eu ache tempo e disposição pra lutar por mim mesma.

Pode vir com tudo, 2017, porque eu não tinha expectativa nenhuma pra 2016 e foi um ano difícil, mas um ano de muitas conquistas... então agora tenho todas minhas apostas em você. Só vem, tô de peito aberto pra te receber! 🤗

23.12.16

2017 tá virando a esquina...

E eu só tenho a agradecer aos clientes, amigos e parceiros por esse ano incrível! Não tinha muitas expectativas para 2016 e ele se superou em tantos níveis, que 2017 quero chegar com os dois pés na porta! Como forma de dizer obrigada e espalhar coisas boas, estou disponibilizando essa print para baixar e imprimir. Que 2017 seja um ano cheio de flores, amor e muito trabalho!



Para baixar, clique aqui! :)

11.11.16

Compras em NYC



Quando decidimos viajar para Nova York a primeira coisa que coloquei na lista foi comprar meu estojo de aquarela profissional. Estava muito animada, pois seria uma oportunidade imperdível, já que no Brasil além de 3x mais caro é muito difícil de achar.

Então, com a ajuda da minha querida professora, decidi comprar um estojo de 24 cores da Rembrandt, mas chegando lá descobri uma grande dificuldade em achar estojos de metal nas lojas da Dick Blick (a Casa do Artista de Nova York). Já estava me dando um pequeno pânico com a perspectiva de não levar meu tão desejado estojo pra casa quando achei, na Jerry's, um estojo de 48 cores da Lukas, por $170. Quase abracei a vendedora! haha
 
Lukas não era a marca que eu estava procurando, já que a qualidade das aquarelas não é top de linha, mas como eu tinha um estojo de estudante da Winsor & Newton que me deixava na mão várias vezes, ter comprado esse estojo já foi um upgrade e tanto! Já usei e é muito nítida a diferença da qualidade entre as duas linhas.




Além disso, papel também é um ótimo negócio, já que eu comprei Arches por $30, sendo que no Brasil custa R$400. Ainda não experimentei (esse tipo de papel só dá pra usar quando tiver bastante certeza haha), mas volto pra mostra ro resultado. Comprei também alguns blocos menores da Winsor & Newton para experimentar e, por mais que seja celulose, achei de ótima qualidade. Ele aguenta bem manipulação e é bem texturizado. (Veja Ficha técnica no final do post)




Também comprei também algumas canetas Copic para experimentar e gostei bastante. O ideal é que sejam usadas em papel resistente, pois elas tendem a manchar (inclusive o outro lado do papel).

Infelizmente não comprei nenhum pincel. Eu já tinha acabado de gastar uma grana com pincel aqui no Brasil e fiquei perdida entre tantas opções na loja...  Também não senti tanta vantagem no preço então fiquei meio que sem paciência, queria ir pra rua e visitar pontos turísticos de NY. rs



É isso, gente. Eu queria colocar o preço de tudo pra vocês, mas eu perdi a nota na bagunça da mala. :'(

Agora tenho bastante material pra produzir muita coisa legal pras feiras que acontecem em dezembro! Terá Mercado Manual dias 2 e 3 de dezembro, e Jardim Secreto dia 17! Quem for de SP vai lá me ver. :)

Ah, estou editando e mandando imprimir as fotos da viagem. Em breve eu volto pra contar como foi!

Winsor & Newton Artists' Water Colour Paper Mould-made, acid free 300g, cold pressed
Winsor & Newton Cotman Spiral Water Colour Pad 300g cold pressed, grain fin (não recomendo para aquarela)
Arches Grain Fin, 300g 18x26 cm
Arches Grain Satiné, 300g 31x41 cm (não aparece nas fotos)
Estojo de metal de 48 cores da Lukas
6 cores de caneta a base de alcool da Copic. Cores na foto acima

7.4.16

(re)descobrindo aquarela


Entrei na faculdade de design com 17 anos #baby (anos depois acabei me formando em artes visuais) e desde essa época tive várias aulas em vários lugares de desenho de observação, laboratórios de ilustração, pintura, etc, mas nunca tinha me interessado muito por aquarela... só que esse ano, a minha paixão por desenhar plantas me levou a começar um curso de ilustração botânica, e a técnica é aquarela. Como eu já tinha uma paleta (essa da foto) da Winsor&Newton, de 12 cores, e alguns pincéis, só precisei aparecer no ateliê da minha professora de coração aberto para aprender coisas novas.

E me apaixonei!!! Continuo achando super difícil, mas venho descobrindo aos poucos que tendo um bom professor (e a minha é ótima) e muita força de vontade, o medo vai indo embora e dá lugar à segurança. Meu caminho ainda é longo e envolve muito suor, uma média de duas horas de estudo por dia e muita auto-terapia pra lidar com as frustrações, mas também é muito gratificante ver a sua própria evolução (e isso só com 3 semanas de aula, hein?!).

Então tenho produzindo muito... provavelmente muitos dos próximos posts serão sobre isso. :)